CONTROLE

Dow AgroSciences obtém registros de dois inseticidas para combater helicoverpa

Outra empresa do setor, a Bayer, deu início a programa de controle da lagarta

Empresas agroquímicas estão se mobilizando para oferecer formas de combate às lagartas do gênero helicoverpa, que têm causado preocupação nos produtores brasileiros. A Dow AgroSciences obteve aprovação emergencial do registro dos inseticidas para combater a lagarta helicoverpa nas lavouras de algodão e soja no Brasil. Já a Bayer criou um projeto de monitoramento e alertas, com apoio dos produtores, para identificar áreas de infestação.

Um dos inseticidas registrados pela Dow AgroSciences pertence ao grupo químico das espinosinas e leva o nome comerciais de Tracer, para uso na soja e soja e no algodão. O outro é feito à base de metoxifenozida e leva o o nome comercial Intrepid 240 SC, para uso no algodão. para o controle da lagarta. Segundo a empresa, ela foi a única a apresentar dois mecanismos de ação distintos, aprovados e eficientes para controle da helicoverpa.

Bayer contra a Lagarta

Para auxiliar os sojicultores, a Bayer CropScience criou o projeto Bayer Contra Lagartas, uma iniciativa que tem como objetivo oferecer suporte aos produtores, por meio da troca de informações relevantes, monitoramento das lavouras, adoção de ferramentas para o manejo de lagartas, suporte técnico especializado e a utilização de boas práticas agrícolas durante toda a safra.

Para isso, a Bayer está criando uma rede de informações sobre lagartas, com apoio dos próprios produtores, que fornecem informações que alertem sobre o desenvolvimento e risco de infestação nas principais regiões do país. De acordo com o gerente de Estratégia de Marketing da Bayer CropScience para a Cultura da Soja, Ronaldo Yugo, o foco principal do projeto é conter as lagartas que vêm trazendo muitos prejuízos para a agricultura brasileira, entre elas, a Helicoverpa armigera, que se disseminou fortemente no Brasil na última safra.
 
- Para o manejo de lagartas nas lavouras, o monitoramento e a escolha das ferramentas adequadas são fundamentais. Com a nossa expertise, vamos instalar armadilhas nas lavouras para o monitoramento da infestação de lagartas e comunicar de forma eficiente os resultados, para que os produtores façam uso das informações para a tomada de decisão sobre as melhores práticas para o controle de pragas. Nesse processo, a equipe de soja da Bayer fará a recomendação adequada de manejo para o manejo dessas pragas, com a adoção de soluções Bayer, além da adoção de boas práticas agrícolas - afirmou Yugo.
 
O trabalho do projeto Bayer Contra Lagartas terá início na cultura da soja, mas será expandido para as culturas de milho e algodão no decorrer da safra 2013/2014. Com a ação, a empresa pretende atingir todas as áreas produtoras e mobilizar mais de 5 mil produtores para a troca de informações e o controle de lagartas.

Considerada um dos maiores problemas fitossanitários das culturas de verão, a Helicoverpa spp sobrevive em mais de 40 espécies hospedeiras, entre elas: sorgo, milheto, buva e milho.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia