Sucuri é vista em granja no interior do Rio Grande do Sul

Pelotão ambiental da polícia tentará capturar a cobra

Uma cobra sucuri foi vista por funcionários de uma granja, perto de um valo de uma lavoura de arroz, na localidade de Adolfo Ester, interior de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

Dois funcionários flagraram o animal tentando matar um cachorro da propriedade. Com uma pá, conseguiram desvencilhar o cachorro da cobra. A Polícia Ambiental foi chamada, mas a cobra havia sumido.

De acordo com o sargento do 4º pelotão da Polícia Ambiental, Clóvis Costa, os funcionários estão monitorando a cobra, observando os horários em que ela aparece para que o planejamento da captura seja feito. Como a sucuri não é natural do Estado, a suspeita da polícia é que o animal seja fruto de contrabando, tendo em vista que várias ocorrências de biopirataria são registradas na fronteira.

? Pode ser que alguém tenha se sentido ameaçado e largado o animal. Amanhã, vamos procurar ajuda na Secretaria de Meio Ambiente do município e com os bombeiros. É uma situação muito atípica. Temos que planejar uma armadilha para pegá-la ? observa Costa.

Funcionários que viram o animal de perto acreditam que a cobra mede cerca de 3m50cm e pesa aproximadamente 30 quilos. Segundo o biólogo responsável pelo Parque do Espinilho em Barra do Quarai, Francisco Valls, o grande perigo é que seja mais de um animal, o que possibilitaria acasalamento e reprodução.

? São animais que em determinadas situações podem até se alimentar de um ser humano ?diz.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia