Menú

MERCADO

Com baixa oferta no mercado interno, arroz tem preços firmes

Segundo a consultoria Safras & Mercado, a demanda, mesmo que moderada, segue garantindo a manutenção da cotação no Rio Grande do Sul 

O mercado doméstico de arroz segue operando com preços firmes. De acordo com  a consultoria Safras & Mercado, com a baixa disponibilidade interna de grãos e com o saldo exportável dos fornecedores do Mercado Comum do Sul (Mercosul) reduzindo, a demanda, mesmo que moderada, segue garantindo a manutenção de preços no Rio Grande do Sul por volta de R$ 37,50.

O mercado continua acompanhando a evolução do plantio no Brasil e dos parceiros do bloco econômico. "Internamente, a expectativa é de uma queda da produção, de 12,230 milhões de toneladas para 11,570 milhões de toneladas", informou o analista da consultoria, Élcio Bento.

No Uruguai, a elevação do custo de produção e o endividamento dos produtores também terão como resultado uma queda da área e produção. "O mesmo deve ocorrer na Argentina", afirmou o analista. Na contramão, o Paraguai deve continuar elevando a área plantada, de olho no mercado brasileiro, que mais uma vez terá uma necessidade de importar mais de 1 milhão de toneladas.

Outro fator que continua sendo monitorado é o comportamento do saldo comercial do cereal. "Uma manutenção dos embarques superiores às compras nos últimos meses da temporada tende a enxugar os estoques de passagem, deixando o abastecimento da próxima temporada ainda mais apertado", finalizou Bento.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia