Menú

ESPECIAL COPA 2018

Uruguai, tradição no futebol e no pasto

A produção agropecuária uruguaia é semelhante à do Rio Grande do Sul, com destaque para a criação de ovinos e bovinos e para as culturas de trigo, arroz e soja

A pecuária é a atividade mais tradicional do Uruguai. Especializado na criação de bovinos e ovinos, o país vizinho é um reconhecido produtor e exportador de artigos derivados dessa atividade, como carne, lã, couro e lácteos.

A grande expressão do Uruguai no mercado de laticínios recentemente gerou uma grande polêmica no Brasil. No final de 2017, o governo suspendeu temporariamente a importação de leite em pó uruguaio, para aliviar a situação dos produtores brasileiros, que enfrentam preços internos muito baixos. A importação acabou sendo liberada mais tarde, desagradando os pecuaristas nacionais, sobretudo os gaúchos, que sentiram de perto a forte concorrência com o produto vindo do Uruguai.

A produção agropecuária uruguaia, por sinal, é muito parecida com a do Rio Grande do Sul. Na agricultura, por exemplo, os destaque do país são as culturas de trigo, arroz e soja. Além disso, o país produz uva e vinho, tabaco e celulose.  

Recentemente, nossos vizinhos aprovaram o cultivo de maconha. Apesar de ainda ter pouca participação na economia local, a liberação é um marco entre os países da América do Sul, onde em sua ampla maioria ainda é proibido cultivar cannabis.

Balança comercial

O Uruguai está entre os dez maiores exportadores de lácteos do mundo e entre os cinco maiores exportadores de leite em pó. Segundo o Ministério da Agricultura local, o leite uruguaio chega a mais de 60 países no globo.

De acordo com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), o Brasil foi destino de 86% do leite uruguaio em pó desnatado e 72% do integral, em 2017.

Em 2017, das 11,1 mil toneladas de carne bovina importada pelo Brasil, 26% tiveram como origem os pastos uruguaios. Quando o assunto é carne de ovinos e caprinos, 84% do volume importado também vem do país vizinho.

No ano passado, o Uruguai ainda enviou para cá cerca de 51 mil toneladas de arroz, 28% do total importado pelo nosso país. Do outro lado da balança comercial, o Brasil comemora em 2018 o aumento de 31% na exportação de suínos para o Uruguai, que foi de 8,8 mil toneladas no primeiro trimestre.

A maior parte dos uruguaios vive na metade sul do território. Aproximadamente 90% da população é urbana, e quase metade desse contingente vive na capital Montevidéu ou em seus arredores.

A área rural, por outro lado, corresponde a 87,2% do país, sendo que 77% desse espaço é composto por pastagens.

Confira, abaixo, um documentário produzido pelo Ministério da Agricultura do Uruguai sobre a pecuária leiteira do país:
 

No futebol

A seleção uruguaia é conhecida como a Celeste Olímpica e foi campeã na primeira Copa do Mundo, em 1930, realizada no próprio Uruguai. O segundo título veio em 1950, no triunfo em cima do Brasil, no episódio que ficou conhecido como "Maracanaço".

Em toda a sua história, o Uruguai ficou de fora apenas das copas de 1934 e 1938, o que demonstra a tradição de seu futebol. Na Copa de 2014, os uruguaios caíram nas oitavas de final ao perder de 2 a 0 para a Colômbia.

A estrela do time atual é o atacante Luis Suárez, parceiro de Messi no Barcelona e um dos jogadores mais badalados do planeta. Ao seu lado, no comando do ataque, estará Edinson Cavani, estrela do milionário Paris Saint-Germain. Com uma seleção experiente e com grandes nomes, o Uruguai pode ser apontado como um dos favoritos ao título em 2018.

Nesta Copa, o Uruguai caiu no grupo A do mundial, ao lado da anfitriã RússiaEgito Arábia Saudita.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia