Menú

FEIRA

Expointer: vendas do primeiro fim de semana superam 2015

Em apenas um dia, agroindústrias familiares gaúchas faturaram quase R$ 195 mil

O primeiro fim de semana de comercialização na 18ª Feira da Agricultura Familiar já superou o do ano de 2015. As vendas no sábado, dia 27, e no domingo, dia 28, cresceram 8% em relação ao ano passado, chegando à marca de R$ 474.717,17. No mesmo período do ano passado foram R$ 440.668,53. As informações são da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário.

As agroindústrias familiares gaúchas venderam, só no domingo, quase R$ 195 mil. Os estandes de artesanato chegaram a comercializar R$ 28,6 mil, e a praça da alimentação arrecadou mais de R$ 32 mil, totalizando R$ 254.953,60 em apenas um dia – R$35 mil a mais em relação ao primeiro dia de Feira.

O engenheiro agrônomo da Emater (RS) Márcio Delbem comemora os resultados desse primeiro fim de semana. Para ele, superou as expectativas. “A aceitação do público é muito grande. Isso demonstra que, mesmo com o momento delicado que estamos vivendo, as vendas se mantiveram no mesmo patamar dos anos anteriores”, diz.

Márcio avisa que as vendas devem crescer mesmo a partir de quarta-feira. “O comércio dentro da feira começa a aquecer nesse período. E no último fim de semana as vendas deslancham, ainda mais porque coincide com a data de pagamento de muitos trabalhadores”, estima.

Oneide Weber é proprietário da agroindústria Produtos Coloniais Bem no Ponto, do município de Santa Maria, junto com o filho. Ele festeja as vendas das massas artesanais de legumes, pães e biscoitos nesse primeiro fim de semana. “Foi um começo muito bom para a gente, bem melhor que nos outros anos”, afirma. Ele atribui esse aumento também à localização do estande. “Ah, neste ano pegamos um na esquina, estamos bem felizes.”

A Cachaçaria 3 Fortuna também ficou satisfeita com o volume de vendas neste ano. Paola Fortuna, uma das proprietárias da agroindústria, conta que o crescimento foi impressionante.

“Em relação ao ano passado, as vendas das cachaças aumentaram 50%”, afirma a agricultora familiar. Ela ficou com o segundo lugar no concurso de melhor cachaça no ano passado. O prêmio ajudou a dar mais visibilidade. Neste ano, eles estão participando novamente, em todas as categorias: cachaça prata, premium e extra-premium. “E todas as nossas cachaças são orgânicas”, destaca Paola..

Participam do Pavilhão da Agricultura Familiar 220 estandes e quatro cozinhas que comercializam produtos dessas famílias. São mais de 1,6 mil famílias participando do evento, vindas de 131 municípios gaúchos.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia