Menú

MERCADO INTERNACIONAL

Arábia Saudita atende Brasil e estende até maio importação de aves

Ministério da Agricultura discute métodos de abate que atendam da melhor forma os preceitos religiosos do país

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou nesta quarta, dia 11, que a Autoridade Geral de Alimentos da Arábia Saudita aprovou a solicitação brasileira de estender o prazo até o dia 1º de maio para que estabelecimentos nacionais exportem carnes de aves ao país. A Arábia Saudita discute com o Mapa a melhor forma de abate de aves com a aplicação do método halal, previsto na religião islâmica. 

No último mês, Eumar Novacki, secretário-executivo do ministério, reuniu-se em Riyadh, capital da Arábia Saudita, com o vice-ministro Ahmed bin Saleh Al Ayadah (Agricultura, Meio Ambiente e Águas do Governo Saudita), quando solicitou o adiamento da suspensão das importações, enquanto são discutidos critérios exigidos pelo país em relação ao abate religioso.

Foi apresentado, na ocasião, trabalho técnico-científico realizado pela Embrapa, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), explicando que o procedimento usado no Brasil segue rigorosamente preceitos estabelecidos no abate halal.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia