Menú

MERCADO

Alface: valor sobe mais de 20% em uma semana

Além dos produtores rurais terem reduzido o transplantio nos últimos meses, o clima afetou a produção em algumas regiões de São Paulo

As cotações das alfaces estão em alta nas regiões de Ibiúna e Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, refletindo a menor da oferta, já que produtores reduziram o transplantio nos últimos meses.

Ao mesmo tempo, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), as vendas aumentaram, devido ao clima mais quente. Além disso, a qualidade das folhosas de algumas roças piorou, em decorrência das chuvas das últimas semanas.

Em Mogi das Cruzes, inclusive, ocorreram casos de queima de borda, queima de miolo e doenças bacterianas. Já em Ibiúna, foram observadas pintas e vira-cabeça em algumas lavouras, reflexo do clima quente e seco na maior parte do mês de outubro.

Entre os dias 6 e 10 de novembro, a crespa teve média R$ 7,88 a caixa com 20 unidades em Ibiúna, alta de 22,7% frente à média da semana anterior. Em Mogi das Cruzes, a variedade teve média de R$ 9,80 a caixa com 12 unidades, aumento de 12% na mesma comparação.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia