Menú

MERCADO

Com medo de quedas nos preços, avicultores se preocupam com crescimento de oferta


Produtores intensificam os descartes de aves mais velhas para tentar equilibrar o mercado


A oferta de ovos aumentou na maioria das regiões produtoras acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), cenário que passou a pressionar os valores neste início de agosto, principalmente os do ovo tipo extra vermelho, cujos preços estão em patamares elevados desde meados de fevereiro. 

De acordo com o Cepea, avicultores de postura já começam a intensificar os descartes das poedeiras mais velhas, na tentativa de equilibrar a oferta de ovos no mercado e, assim, evitar novas quedas. 

Entre 3 e 10 de agosto, os preços da caixa com 30 dúzias do ovo tipo extra, vermelho, colocada na Grande São Paulo, caíram 1,5%, para R$ 108,08 nessa quinta, dia 10. Para retirada em Bastos (SP), o produto se desvalorizou 1,7% no período, com média de R$ 102,27 a caixa nessa quinta.

Para o ovo tipo extra, branco, o cenário foi de estabilidade na praça paulistana nos últimos sete dias, com a caixa de 30 dúzias negociada a R$ 93,92 no dia 10. Para retirada em Bastos, as cotações recuaram ligeiro 0,2%, para R$ 88,35 a caixa nessa quinta. 

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia