Menú

EFICIÊNCIA NO CAMPO

Tecnologia melhora a qualidade das sementes

A Syngenta foi uma das pioneiras no tratamento industrial de sementes no país

Segundo dados do Instituto Agronômico (IAC) – Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Fitossanidade –, 60 anos depois de Cristo, um militar, historiador e cientista romano chamado Plínio, o Antigo, recomendava a imersão de sementes de trigo em vinho ou suco de folhas de cipreste da família das coníferas, que é rico em tanino, ideal para controlar o míldio.

Outro relato interessante ocorreu em meados de 1670. Agricultores recolheram sementes de trigo de um barco que naufragou no canal de Bristol, próximo à Inglaterra. Por estarem salgadas e impróprias para alimentação, as sementes foram plantadas, e suas culturas cresceram livres do carvão, devido à ação fungicida da água salgada.

Voltando ao século 21... A Syngenta foi uma das pioneiras no tratamento industrial de sementes no país.

A oferta de sementes de soja tratadas industrialmente no Brasil saltou de 500 mil sacas, em 2010, para 5,5 milhões este ano.

Desse volume, 55% passam pelo The Seedcare Institute, em Holambra, São Paulo. Confira como essa tecnologia vem sendo aprimorada com pesquisas e testes e quais as novidades que chegam ao mercado em termos de sementes tratadas industrialmente no programa Radar. 

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia