Menú

EXÓTICAS

Mercado de aves ornamentais cresce 10% ao ano

Segundo associação, o Brasil tem 39 milhões de aves domesticadas e as preferidas são as calopsitas

A criação de aves ornamentais vem atraindo cada vez mais brasileiros e dados do setor mostram que este é um mercado promissor, que cresce cerca de 10% ao ano. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), atualmente, o Brasil tem 39 milhões de aves domesticadas.

“Nos últimos cinco anos, a população de calopsita, que é o principal tipo de ave, tem atraído uma série de empreendedores pra atividade, que por ser uma espécie doméstica é muito fácil criar. É muito fácil estruturar um pequeno empreendimento de criação dessas espécies”, disse José Selmi, coordenador do grupo temático de aves da Câmara Setorial Pet do Mapa e representante da Abinpet.

Apesar de a calopsita ser a ave ornamental favorita dos brasileiros, a criadora Cláudia Regina Leme, de São Roque, no interior de São Paulo, preferiu investir na criação de galinhas e deu para seus animais nomes de famosos, como Luciano Huck, Michel Teló, Cláudia Leitte e Neymar.

“Eu comecei a ver aquelas aves lindas, umas galinhas exóticas e tudo mais, ai eu falei: ‘vamos colocar essas galinhas no nosso sitio, vamos tirar aquelas galinhas caipiras e vamos introduzir isso pra ficar um sítio mais bonito”, disse Cláudia, que já cria aves exóticas há 18 anos.

Algumas aves chegaram a ser comercializadas, mas a criadora prefere manter o maior número que pode por perto. Até o momento, são 220 aves divididas entre 30 raças diferentes.

A ração dos animais é baseada em verduras e, como qualquer outro animal, as aves precisam de cuidados desde o nascimento. “A vacinação ocorre de acordo com a idade e uma boa nutrição, com rações específicas para a idade, cada fase da vida da ave, além do controle de parasitas e uma boa higiene são fundamentais”, recomendou o veterinário Frederico Chil.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia