Menú

QUALIDADE DO SOLO

Produtores perdem até 75% da água da chuva no RS

Manejo diferenciado, no entanto, ajuda a recuperar a qualidade do solo e aumentar a produtividade de soja e milho

Produtores de grãos do Rio Grande do Sul estão adotando novas práticas de manejo de solo para colher mais e, segundo o principal órgão de extensão rural do estado, 75% da água da chuva é perdida e mudar o manejo do solo pode render até 10 sacas a mais por hectare para o agricultor.

O produtor de soja Vinícius Otonni mudou parte do manejo em sua propriedade em 10% da área. Com o investimento na melhoria do solo e reutilização da água da chuva, ele já começou a perceber os resultados. “Preparamos o solo pra tirar compactação, que tinha uma baixa infiltração, chegando a 9 milímetros por hora. Fizemos uma curva de nível para reter a água e, nessa área, voltamos 20 anos no tempo e começamos a fazer tudo de novo para fazer um plantio direto correto”, disse.

Os benefícios de conservar o solo aparecem a longo prazo. São, em média, 5 anos para que o produtor comece a colher os resultados, como o aumento da produtividade. No caso de Otonni, a expectativa daqui para frente é que todos os outros 500 hectares de sua propriedade tragam a mesma produtividade da área experimental, que passou de 55 para 68 sacas por hectare.

Já o produtor Rogério Koenig reduziu a compactação do solo com palhada e o terreno ficou mais fértil. O retorno foi maior produção de soja e milho,mas não é só por isso que mudou o manejo. “Nossa terra vai ficar para os nossos filhos e netos. Por isso, é importante conservar para que a produtividade venha ao natural”, falou.

O básico para quem quer começar a cuidar mais do solo é sempre manter a área com cobertura. Milho, milheto, nabo forrageiro e capim sudão são algumas opções, segundo o assistente-técnico estadual de manejo e recursos naturais da Emater, Edemar Streck.

Com o solo mais conservado, acaba-se aproveitando melhor a água da chuva e acaba diminuindo a chance de perdas quando vem a estiagem. “Se nós temos mais água retida na lavoura, nós vamos ter mais água para irrigação e para nossos animais. Mais água gera mais qualidade, ainda mais em uma situação onde perdemos 75% da água da chuva durante o ano”, disse.

Por meio de um programa estadual, a Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul quer aumentar o número de produtores que conservam o solo. A forma de fazer isso foi apresentada hoje durante uma conferência entre pesquisadores, técnicos e agricultores na maior região produtora de soja do estado.

“Existe uma falta de conscientização, mas nós estamos trabalhando muito nisso. Temos que colocar raízes para dentro do chão para melhorar a estrutura do solo e vamos conseguir isso com a infiltração de água”, finalizou Streck.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia