SUCO

Uva: clima derruba produção, enquanto consumo sobe

Problemas climáticos afetaram a safra nas principais regiões produtoras do país. Mesmo assim, o setor conseguiu dar conta do aumento de 25% na demanda

O consumo de suco de uva no Brasil cresce, em média, 25% ao ano. O setor teria só motivos para comemorar, não fossem os problemas climáticos que afetaram a safra de uva nas principais regiões produtoras do país. Por conta dessa quebra, o produto sofrerá aumento de preço.

“O brasileiro está conhecendo mais o suco de uva pelos seus benefícios à saúde. Ele contém as mesmas substâncias que encontramos nos vinhos, que são os antioxidantes”, diz Cláudio Goes, presidente do Sindicato da Indústria do Vinho (Sindivinho).

A turista Lais Cristina Costa Correa Bega foi até a cidade de São Roque, no interior de São Paulo, conhecer a produção de perto. Na opinião dela, a bebida ganhou o paladar dos brasileiros: “Tenho diminuído bastante o consumo dos refrigerantes e trocado pelos sucos. O de laranja e o de uva integral, que é mais fácil de preparar”.

Esse hábito vai ficar mais caro. É que a safra de uva deste ano está comprometida. No Rio Grande do Sul, a produção deve ser pelo menos 50% menor. Em São Paulo, a quebra chega a 20%. 

“As uvas têm um ciclo de maior ou menor de produção. Esse é um ano de baixa. A queda se deu também no Rio Grande do Sul, principalmente pelas geadas nos meses de setembro e outubro”, diz Goes do Sindivinho. “Além da menor oferta da fruta, os custos de produção também estão mais altos”, completa.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia