Menú

MOVIMENTAÇÃO

Soja: alta no dólar impulsiona vendas e faz cotação retomar patamares de fevereiro

Em Paranaguá, aumento foi de 0,7%, fechando a R$ 73,94 a saca de 60 kg

O dólar voltou a ser negociado na casa dos R$ 3,30 nos últimos dias, cenário que motivou vendedores a escoar parte da safra de soja 2016/2017, que estava em estoque, elevando a liquidez e impulsionando os preços brasileiros.

Assim, o Indicador Cepea/Esalq Paraná fechou a R$ 68,84 a saca de 60 kg na sexta-feira, dia 10, retomando o patamar observado em fevereiro deste ano (em termos nominais), e registrando alta de 0,6% frente à média do dia 3.

Quanto ao Indicador da soja Esalq/BM&FBovespa Paranaguá, o aumento foi de 0,7% no mesmo comparativo, fechando a R$ 73,94 a saca de 60 kg na sexta, mesmo patamar de fevereiro.

No entanto, as altas nos preços brasileiros foram limitadas pela recente estimativa de maiores estoques finais, divulgadas pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Até dezembro de 2018, os estoques de passagem do Brasil devem somar 728,4 mil toneladas, mais que o dobro das 322,1 mil toneladas estimadas em outubro, conforme a Conab. Mesmo assim, o volume é muito baixo.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia