Menú

RESULTADO

Porto de Santos bate novo recorde mensal de cargas

Milho e açúcar puxam movimentação de outubro, diz Codesp

A movimentação de cargas no Porto de Santos bateu recorde pelo sexto mês consecutivo em outubro, puxado por milho e açúcar. Os dados foram divulgados pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

No mês passado, foram movimentadas 11,31 milhões toneladas de produtos, um aumento de 10,4% em relação ao registrado no mesmo período do ano passado. O resultado também representa a quarta vez seguida que o total de cargas ficou acima de 11 milhões de toneladas.

O milho foi a carga de maior volume operado em outubro, com 2,78 milhões de toneladas, alta de 51,8% na comparação anual. Nos últimos três meses, a commodity superou a marca de 2 milhões de toneladas.

O açúcar ficou em segundo lugar no ranking da Codesp, com 1,99 milhão de toneladas, aumento de 9,6%. Outros produtos agropecuários que se destacaram foram o complexo soja (grãos e farelos), que ficou em quarto lugar (489,17 mil toneladas, crescimento de 87,9%), álcool (205,85 mil toneladas, aumento de 181,9%) e celulose (326,76 mil toneladas, alta de 11,1%).

A principal carga exportada pelo Porto de Santos, em relação aos valores comerciais, foi o complexo soja, com US$ 4,95 bilhões, correspondente a 11,8% do total. Destes, 9,8% foram para a China, seguida de Tailândia e Coréia do Sul (cerca de 0,5% cada). Em seguida, o café, com 9,4% de participação (US$ 3,97 bilhões), para os Estados Unidos, Alemanha e Itália, além de outros 79 países; e açúcar, com 7,6% (US$ 3,22 bilhões) para China, Bangladesh e Egito, bem como para outros 60 países.

No acumulado do ano até outubro, o porto movimentou 99,96 milhões de toneladas em cargas, aumento de 7,2%. A marca foi atingida graças à exportação, com destaque para o complexo soja (17,14 milhões de toneladas, aumento de 7,1%), açúcar (14,72 milhões de toneladas, aumento de 2,4%) e milho (10,56 milhões de toneladas, crescimento de 70,4%). 

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia