Menú

MERCADO

Carne suína no atacado acumula queda de 8% em janeiro

demanda interna ruim e a retração nas exportações são alguns dos motivos para a baixa nos valores, segundo a Scot Consultoria

O mercado atacadista de carne suína teve queda nos últimos dias em São Paulo. Segundo a Scot Consultoria, no acumulado de janeiro, a desvalorização foi de 8,1%, com a carcaça sendo negociada, em média, a R$ 5,70 o quilo.

De acordo com a empresa, os compradores estão bastante retraídos de modo a evitarem acúmulo de estoque. Além da demanda interna ruim, a segunda quinzena do mês, a sazonalidade de janeiro (que influencia negativamente as vendas) e a retração nas compras no mercado internacional são alguns dos motivos para a baixa nos valores.

Nas duas primeiras semanas do ano o Brasil embarcou diariamente 1,9 mil toneladas de carne suína in natura, frente as 2,5 mil toneladas exportadas diariamente em janeiro de 2017.

No mercado físico, porém, as ofertas estão alinhadas com a demanda e os preços se mantiveram estáveis por mais uma semana. O animal terminado segue negociado, em média, em R$ 74 a arroba.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia