Menú

MERCADO

Desvalorização do suíno se mantém mesmo com fim da Quaresma

A relação de oferta e demanda segue desfavorável, segundo especialistas. Em São Paulo, a cotação recuou mais de 2% em uma semana

Apesar da expectativa de melhora nos preços neste início de abril, devido ao fim da Quaresma, a temperaturas mais amenas e ao pagamento dos salários, a maior parte das regiões pesquisadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) ainda registra oferta superior à demanda, cenário que continua pressionando as cotações do animal. 

Na região SP-5, formada por Bragança Paulista, Sorocaba, Piracicaba, Campinas e São Paulo, a queda no preço foi de 2,2% entre 28 de março e 4 de abril, com o suíno negociado a R$ 3,03 por quilo nesta quarta-feira, dia 4. Em Belo Horizonte (MG), o animal foi negociado a R$ 3,01 por quilo, recuo de 0,6% na semana.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia