Menú

MERCADO

No Sul, trigo já subiu mais de 14% em 2018

Baixa oferta no ano passado e período de entressafra justificam cotações firmes no mercado interno

No Rio Grande do Sul, o valor pago ao produtor pelo trigo acumula alta de 15,2% no ano (2 de janeiro a 9 de abril), passando de R$ 590,44 para R$ 680,39, aponta o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Enquanto isso, no Paraná, o grão se valorizou 14,1% no mesmo período, saindo de R$ 669,56 e atingindo R$ 763,82 nesta segunda, dia 9.

As cotações do trigo em grão estão firmes no mercado interno e nos países de referência para importação, como Argentina e Estados Unidos. Como a oferta brasileira de 2017 foi menor e atualmente é período de entressafra, moinhos consultados pela entidade têm reforçado as aquisições.

O volume comprado pelo Brasil em março foi 10,4% superior ao de fevereiro. De farinha, houve aumento de 3,7% nas importações nesse mesmo período. O Mercosul, que atende às exigências brasileiras de processamento para as farinhas, continua sendo o principal fornecedor nacional.

De acordo com pesquisas do Cepea, em relação aos derivados de trigo, mesmo com baixa liquidez e poucas aquisições, os preços apresentaram avanços.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia