Menú

TENDÊNCIA

Trigo: estoque em alta deve prejudicar o produtor rural

Além disso, em 2018 o agricultor deverá ser impactado pelas importações do produto e pelo dólar

As produções de grãos e cereais atingiram volumes recordes, pelo menos nos últimos dois anos, favorecidas pelo clima. Assim, os estoques de grãos seguem em volumes bem satisfatórios.

No caso do trigo, a relação estoque/consumo está no maior nível desde a safra 1999/2000, segundo dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Nesse ambiente, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os preços não devem subir em 2018. Compradores e consumidores serão favorecidos por esse cenário, mas a rentabilidade de produtores segue sendo pressionada. Neste ano, a liquidez deve ser influenciada pelos amplos estoques de moinhos, pelas importações e pelo dólar.

Quanto à área a ser plantada em 2018, a concorrência com o milho segunda safra continuará sendo fator de impacto, principalmente no Paraná, em Mato Grosso do Sul e no Sudeste. Nos estados Sul, especialmente no sul do Paraná, produtores buscam outras alternativas de culturas de inverno, em detrimento do trigo.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia