Nova variedade de feijão conquista produtores em diversas partes do Brasil

Bola cheia tem produtividade cerca de 20% maior do que os demais tipos do grão

Um novo tipo de feijão carioca tem conquistado produtores de diversas partes do país. Chamado de bola cheia, o grão é mais uma alternativa em meio aos 40 tipos existentes no mercado brasileiro. Testado no último ano no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Bahia, São Paulo, Goiás e Minas Gerais, o bola cheia teve rápida resposta no campo e no mercado, com maior produtividade no sequeiro e com irrigação. O agrônomo Gustavo Gonçalves explica que o nome dado ao produto provém do seu peso e for

? A cultivar tem um grão mais esférico. Seu peso semente varia de 290 a 320 gramas. É meio cheinho. Ele também tem ramificações e bate as demais variedades em produtividade entre 15% e 20% ? diz.

O bola cheia possui as mesmas necessidades de manejo do que as demais variedades, mas se destaca no prato do consumidor. Segundo o diretor comercial Erno Barbosa da Costa, há vantagem até no tempo de cozimento.

? Uma vez na panela, esse feijão rende um caldo mais gostoso. Além disso, fica cozido após 11 ou 15 minutos ? afirma.  

Segundo Costa, a comercialização da cultivar registrou crescimento de 20% este ano. Ele aponta que em Ribeirão Preto, Brasília e Goiás as vendas estão consolidadas.

Para o produtor João Ângelo Guidi, o preço bom apresenta um desafio na hora de fechar negócios.

? É um mercado aquecido, mas não é comprador. Está faltando feijão por causa da chuva, mas a velocidade de compra é muito lenta. Espero ter retorno de todo o investimento que fiz até agora ? aponta.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia