Menú

NOVO TIPO

Cana transgênica terá uso comercial liberado

Variedade geneticamente modificada tem como característica resistência à broca; CTC prevê aprovação no 1º semestre 

O CEO do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), Gustavo Leite, declarou que até o primeiro semestre de 2017, será liberada comercialmente a primeira variedade de cana-de-açúcar transgênica. A aprovação virá da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CNTBio), órgão que aprova todos os passos da pesquisa e também seu uso comercial.  

"Entregamos o dossiê para a primeira variedade de cana geneticamente modificada à CTNBIO no fim do ano passado e a qualquer momento pode ocorrer a liberação. Imaginamos que entre março e junho, ou seja, na primeira metade do ano que vem", estimou Leite, em conversa com o Broadcast Agro, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado,  ao final do 25th ISO International Seminar, organizado pela Organização Internacional do Açúcar (OIA) em Londres. As primeiras variedades geneticamente modificadas vão trazer como característica, de acordo com o CEO, a resistência à broca. 

Além da cana geneticamente modificada, o CTC também desenvolve pesquisas, em parcerias, para desenvolver o plantio em regiões de seca, maior capacidade de fotossíntese e variedade de uma cana com 10% a 15% a mais de teor de açúcar.

A instituição desenvolve tecnologias para o setor sucroenergético e, desde 2012, passou a ter um enfoque em algumas tecnologias que não estivessem em desenvolvimento no resto do mundo, como melhoramento genético, biotecnologia agrícola, sementes artificiais e o etanol celulósico.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia