Menú

MUITA CHUVA

Plantio do algodão chega a 26% em Mato Grosso

De acordo com o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), a semeadura  já apresenta um atraso de 20 pontos percentuais em relação ao que foi visto no ano passado

A alta umidade em grande parte de Mato Grosso continua prejudicando os avanços da colheita da soja e, consequentemente, trazendo preocupações quanto à semeadura da segunda safra.

Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), a semeadura do algodão já apresenta um atraso de 20 pontos percentuais em relação ao que foi visto no ano passado. Na última sexta-feira, 19, apenas 26,36% do total da área estimada foi semeada no estado.

A Somar Meteorologia estima que para os próximos sete dias uma redução no volume de chuvas aconteça, principalmente nas regiões sudeste, centro-sul e oeste, sendo previsto um acumulado semanal de chuva de 20 milímetros, 33 milímetros e 34 milímetros, nas respectivas regiões.

Levando em conta que essas são as principais regiões produtoras de algodão em Mato Grosso, é esperada maior fluidez nos trabalhos de campo para a próxima semana. No entanto, em algumas regiões, as chuvas ainda devem demandar atenção, dado o alto índice pluviométrico previsto durante o final de janeiro e início de fevereiro.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia