Menú
Logo Conexão Chicago

COMMODITIES

USDA deve forçar baixas para a soja nas próximas semanas

Relatório de setembro do USDA novamente surpreendeu o mercado; AGR Brasil acredita que o mercado deve continuar a pressionar para baixo os contratos futuros

O relatório de oferta e demanda de setembro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) é considerado baixista para o mercado de soja e neutro/altista para o milho. Contratos de soja tiveram bom rebote após a baixa inicial, puxada pela forte alta de mais de 3% nas cotações de milho.

No entanto, não há nada nos dados apresentados pelo USDA nesta sexta, dia 11, para o mercado de soja que indique uma necessidade de racionamento de demanda por parte dos EUA. A leve redução de estoques para 2015/2016 foi abaixo do esperado.

A discussão sobre o tamanho da oferta continuará nas próximas semanas – mas a histórica perda de demanda dos EUA frente ao ano anterior manterá estoques amplos no país, colocando uma tampa em maiores tentativas de altas durante os próximos meses. Apenas um sério problema climático na América do Sul ou nos EUA ano que vem pode trazer uma ‘força de alta’ sustentável ao mercado.

A AGR Brasil estima que a área de colheita de soja nos EUA pode ter leve redução nos próximos relatórios, assim como também possivelmente a estimativa de produtividade da safra – também acreditamos em redução nos dados de exportações nos próximos relatórios. Não se pode descartar a possibilidade de um novo movimento de baixa nos contratos de soja nas próximas semanas.

US$ 7,00/bushel em caso de safra recorde

Os preços poderão romper o piso dos US$ 8 por bushel após a confirmação de uma possível safra forte no Brasil e na América do Sul. Ou seja, ainda há espaço para baixo nos preços, mas este espaço é relativamente limitado. Caso a América do Sul colha nova safra recorde, preços podem visitar o patamar de soja com US$ 7/bushel na frente no início de 2016. 

Conexão Chicago 

Toda segunda, às 19h, no Rural Notícias, Pedro Dejneka tira dúvidas enviadas pelo público. Você pode enviar sua pergunta sobre preços e tendências pela fanpage do Canal Rural, pelo WhatsApp (11) 98524-0073 ou através do Fale Conosco do site. Saiba como obter o relatório diário da AGR Brasil no site da consultoria.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia