Menú

LEGISLAÇÃO

Comissão do Senado aprova projeto de Kátia Abreu que acaba com cobrança do Funrural

Texto apresentado por Kátia Abreu não precisa passar por análise do Senado nem da Câmara, e segue para promulgação, caso não haja recurso

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira, dia 23, um projeto da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) que acaba com a cobrança do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), a Previdência do trabalhador no campo.

O projeto da senadora suspende a execução da Lei 8.540/1992, que definia uma alíquota de 2,1% sobre a receita da comercialização da produção. Ou seja, retira da legislação vigente o trecho que institui o Funrural e, dessa forma, acaba com a cobrança.

A matéria, apresentada pela parlamentar em abril deste ano, foi aprovada por unanimidade pela comissão. Como o projeto é terminativo, não precisará passar por análise do plenário do Senado nem tramitar pela Câmara, pois trata de uma competência privativa dos senadores  – cumprir determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), que, em 2011 decidiu que o trecho da lei 8540/1992 era inconstitucional e portanto deveria ser retirado da legislação., 

O projeto seguirá diretamente para promulgação, caso não haja recurso. A decisão da CCJ deve ser lida no plenário do Senado. Uma vez que isso ocorra, será aberto o prazo de cinco dias úteis para interposição de recurso para que o plenário analise o projeto.

Esse recurso precisa do apoio/assinatura de ao menos nove senadores. Se nenhum recurso for colocado, o texto segue para promulgação pelo presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira. A aprovação não depende de sanção do presidente Temer. A promulgação, porém, não tem data específica para ocorrer, dependendo de pressão política.

Se houver recurso, o plenário do Senado deverá analisar o mérito do projeto. Para ser aprovado ou rejeitado, depende da maioria simples dos votos – ou seja, metade mais um dos presentes na sessão. Sendo aprovado, o texto segue para promulgação; se for rejeitado, é arquivado.

Bancada ruralista

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Nilson Leitão, afirmou que a bancada vai trabalhar pela promulgação do PRS 13/2017 que pode extinguir o Funrural. Segundo ele, existe "força política suficiente" para aprovar o texto em plenário, caso haja recurso, e também para convencer o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, a promulgá-lo. Leitão disse que deve visitar o Oliveira já nesta quinta-feira, dia 24, como forma de pressão para dar prioridade ao tema.

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia