Menú

PESQUISA

Pecuária quer Brasil livre da aftosa sem vacinação até 2020

Representantes do setor consideram que doença já está praticamente erradicada na maior parte do país

Uma pesquisa realizada pelo Conselho Nacional da Pecuária de Corte (CNPC), com representantes do setor pecuário, aponta que a maioria dos pesquisados deseja o fim da vacinação contra aftosa no Brasil até 2020, pois consideram que a doença já está praticamente erradicada na maior parte do país. 

Ainda de acordo com o CNPC, sem a vacinação pecuaristas poderão expandir as receitas com seus rebanhos e fazer com que se tornem mais competitivos no mercado global, no chamado "segmento ou circuito  não-aftósico", avaliado em US$ 12 bilhões.

Sebastião Guedes, que é vice-presidente do CNPC e presidente do Grupo Interamericano para Erradicação da Febre Aftosa, vai apresentar esta pesquisa no encontro da Comissão Sul-Americana de Luta contra a Febre Aftosa, no Uruguai, entre os dias 7 e 8 deste mês. 

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia