IMPRÓPRIO AO CONSUMO

Procon suspende venda de leite Elegê no município do Rio de Janeiro

Empresa produtora do leite ainda verificou o que aconteceu

O Procon Carioca, órgão da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, apreendeu mais de 4,5 mil litros de leite da marca Elegê, que está impróprio ao consumo, no município do Rio de Janeiro. O órgão suspendeu a venda do leite integral, desnatado e semidesnatado.

Após receber inúmeras denúncias da população, os fiscais do órgão saíram em blitz pelos mercados da cidade e constataram que o produto está impróprio ao consumo. Três lotes do produto já foram recolhidos: CDSA16:533; CDNZ23:553 e CDVP06:093.

A secretaria municipal de Defesa do Consumidor e coordenadora do Procon Carioca, Solange Amaral, diz que fará inspeção em vários mercados.

- Nós suspendemos a venda em todo o município numa tentativa de resguardar a população e até que a empresa produtora do leite verifique o que aconteceu.

No Rio Grande do Sul, a Operação Leite Compen$ado, do Ministério Público Estadual, deflagrou fraude em 300 mil litros de leite na semana passada. O produto foi enviado para Paraná e São Paulo.

• Ministério Público cogita pedir recolhimento de todos os produtos das marcas Parmalat e Líder do mercado

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia