DIPLOMACIA

Brasil abre dois novos mercados para produtos do agronegócio

O governo brasileiro confirmou a autorização para exportação de bovinos e bubalinos para reprodução no Gabão e vísceras comestíveis no Chile

exportação, colágeno, mercados, Canadá, Egito, Mapa
Foto: Porto de Paranaguá

O governo brasileiro anunciou a abertura de dois novos mercados internacionais. Em comunicado conjunto, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) confirmaram a autorização para exportação de bovinos e bubalinos para reprodução no Gabão e de vísceras comestíveis no Chile.

Com a abertura do mercado gabonês, o agronegócio brasileiro alcança sua 75ª abertura de mercado em 2024, totalizando 153 novos mercados em 53 países desde o início de 2023.

Em 2023, o Gabão importou mais de US$ 46 milhões em produtos do agronegócio brasileiro, sendo o setor de carnes responsável por 85% desse valor.

Exportação para o Chile

Simultaneamente, o Chile autorizou a importação de vísceras comestíveis de aves, ruminantes e suínos, somando-se a outras autorizações recentes como mamão fresco e material genético avícola.

Nos primeiros cinco meses de 2024, as exportações agrícolas do Brasil para o Chile totalizaram US$ 733 milhões, com o setor de carnes representando 51% desse valor.