MERCADO

Boi: preço da arroba continua em alta no país

Em São Paulo, principal referência para o mercado físico, o preço da arroba do boi alcançou R$ 227,75 nesta sexta-feira

boi, integração lavoura-pecuária
Foto: Gabriel Faria /Embrapa

A oferta reduzida de gado continua a impulsionar os preços do boi gordo ao longo deste mês, conforme destacado pela consultoria Safras & Mercado nesta sexta-feira (5).

Com escalas de abate mais apertadas e um ritmo robusto de exportações, o mercado enfrenta um cenário de otimismo crescente em relação aos preços da arroba do boi gordo.

“Frente à menor representatividade de animais prontos para abate, esperamos um movimento de alta nos preços ao longo de julho”, afirmou Fernando Henrique Iglesias, analista da Safras & Mercado.

Em São Paulo, principal referência para o mercado físico, o preço da arroba do boi alcançou R$ 227,75 nesta sexta-feira. Em outras regiões pecuárias como Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, os preços também se mantiveram firmes, refletindo a demanda aquecida e a escassez de oferta.

No mercado atacadista, os preços da carne bovina registraram aumento, com o quarto traseiro cotado a R$ 17,50 por quilo, marcando uma alta de R$ 0,50 em relação à última semana.

A Safras & Mercado destacou a competitividade da carne bovina em comparação a outras proteínas, especialmente a carne de frango, impulsionando ainda mais o mercado interno.

Além disso, a desvalorização do real frente ao dólar ao longo da semana, com uma queda de 2,31%, contribui para um cenário favorável às exportações do produto brasileiro.