O QUE VEM POR AÍ

Chuva pode ultrapassar 70 mm, diz Inmet; saiba quando e onde

Previsão faz parte do informativo divulgado nesta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Meteorologia

chuvas, previsão, temporal
Foto: Agência Brasil


A combinação de calor e alta umidade deve resultar em chuvas que podem ultrapassar 60 mm na próxima semana, e a passagem de uma frente fria, por sua vez, pode gerar volumes ainda maiores do que isso na semana seguinte. Essas previsões fazem parte do informativo meteorológico para as próximas duas semanas, divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) nesta segunda-feira (10).

No período de 10 a 17 de maio, áreas da região Norte devem receber pancadas com valores maiores do que 60 mm, por conta da combinação entre calor e alta umidade. Os maiores volumes deverão ser registrados em pontos do centro-norte do Amazonas e do Pará, em Roraima e Amapá. Pode haver pancadas também nas demais áreas da região, mas chuvas isoladas e com menores acumulados.

Chuva entre os dias 10 e 17 de maio. Fonte: Inmet

Para o Nordeste, a previsão do Inmet indica chuva na faixa leste, especialmente no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, assim como na fronteira agrícola do Sealba, que engloba áreas de Sergipe, Alagoas e Bahia. Nesses locais, o volume de precipitação pode superar 40 mm.

Também pode haver pancadas de chuva isolada na faixa norte do Nordeste, do Maranhão ao Rio Grande do Norte. O interior da região, por sua vez, deve registrar tempo quente e seco.

Esse cenário de tempo aberto também é o que prevê o Inmet para o Centro-Oeste e o Sudeste, embora possa haver chuva fraca em áreas de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Já no Sul, o tempo inicialmente seco evolui para chuvas a partir do domingo (16) no Rio Grande do Sul, por conta da passagem de uma frente fria.

Previsão de chuva para a semana que vem

Na semana de 18 a 26 de maio, os maiores acumulados de chuva no Norte estão previstos para noroeste do Amazonas, norte do Pará, Roraima e áreas do leste do Amapá. No total, o volume pode chegar a 60 mm de água. Nas demais áreas da região, o acumulado deve ficar abaixo de 40 mm.

No período, também pode haver muita chuva (mais de 60 mm) na faixa leste do Nordeste.

A semana deve manter o padrão da anterior na maior parte do Sudeste e do Centro-Oeste, com tempo quente e seco. Porém, áreas de São Paulo e Rio de Janeiro podem receber pancadas rápidas, com volumes inferiores a 40 mm.

No Sul, todavia, a semana deve trazer acumulados superiores a 70 mm de chuva em áreas de Santa Catarina e do Paraná, de acordo com as indicações do Inmet.

Chuvas entre 18 e 26 de maio. Fonte: Inmet