A MAIS CLICADA

Viu esta? Quando o frio vai chegar neste inverno? Saiba aqui

O meteorologista do Canal Rural, Arthur Müller, dá a previsão de quando pode haver temperaturas mais baixas na nova estação

frente fria - frio intenso - inmet
Foto: Agência Brasil

O inverno chegou, mas poucas áreas brasileiras tiveram baixa nos termômetros. A chegada do frio no país foi uma das reportagens mais lidas da semana no site do Canal Rural. Então, confira:

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, há previsão de temporais localizados e possibilidade de granizo neste início de inverno. De acordo com o meteorologista do Canal Rural, Arthur Müller, o frio rigoroso será mais comum no Rio Grande do Sul, mas com menor intensidade. A partir do dia 25 de junho, as mínimas caem para 5°C em algumas áreas do território gaúcho, mas sem previsão de geadas fortes.

No Centro-Oeste, estão previstos pulsos de ar frio no início de julho, com mínimas de 4 °C no sul de Mato Grosso do Sul. Isso vai depender de um ciclone que pode se formar na região nesta semana, o que ainda não está confirmado. No entanto, mesmo que isso ocorra e as temperaturas baixem, elas voltam a subir rapidamente após o frio.

Segundo Müller, no Sudeste as temperaturas serão mais amenas, sem previsão de geadas. No início de julho, as mínimas ficarão em torno de 10 °C, com máximas em Itapeva (SP) podendo chegar a 31 °C.

No Nordeste, poderá haver friagem ocasional no sul da região. O litoral nordestino terá chuva isolada, enquanto o interior permanecerá seco, prejudicando lavouras. No Norte, não há previsão de chuvas significativas em Rondônia, Acre e centro-sul do Pará, afirma o meteorologista.

Chuva e calor no inverno

As chuvas devem ficar abaixo da média em grande parte do país, com algumas áreas no litoral sul e sul do Rio Grande do Sul podendo registrar chuvas um pouco acima da média. No entanto, não há risco de enchentes significativas no sul.

As temperaturas continuarão elevadas em regiões como Cuiabá (37 °C), Triângulo Mineiro, norte do Paraná e Mato Grosso do Sul (mais de 30 °C). O interior do Matopiba terá máximas acima de 34 °C, enquanto no noroeste de Mato Grosso as máximas podem atingir 38 °C.

Matéria originalmente escrita por Luís Toledo