Canal Rural

Canal Rural AO VIVO

Como Assistir na TV?

Assista ao Canal Rural pelos canais: 185 da NET, 159 da SKY, 112 da Claro TV, 108 da OiTV, pelas operadoras NEO TV, pela parabólica (banda C) ou em tempo real aqui pela internet

Fechar

PRODUÇÃO ARTESANAL

Governo quer ampliar regiões produtoras de queijos artesanais com IG

Dezoito áreas de produção de queijos artesanais de leite cru no país são passíveis de receber o selo

O Ministério da Agricultura anunciou nesta quinta, dia 18, que pretende ampliar as regiões produtoras de queijos artesanais com registro de Indicação Geográfica (IG). Até o momento, apenas duas regiões, a do Serro e a da Canastra, ambas em Minas Gerais, têm o registro.

Ainda há, porém, mais 18 áreas de produção de queijos artesanais de leite cru no país passíveis de receber o selo. O registro de Indicação Geográfica (IG) é atribuído a produtos ou serviços característicos de um determinado local. São produtos com qualidade única em função de recursos naturais como solo, vegetação, clima e recursos humanos, como o know how para produzi-lo. O registro é concedido pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). O Ministério da Agricultura é uma das instituições de fomento das atividades e ações para Indicação Geográfica de produtos agropecuários. 

• Movimento quer regras para regulamentar queijo artesanal

Conforme a Coordenação de Incentivo à Indicação Geográfica de Produtos Agropecuários da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (CIG/SDC) do Mapa, além do Serro e a da Canastra outras áreas produtoras já são reconhecidas pelo mercado consumidor pela qualidade e tipicidade de sua produção de queijos artesanais. Entre elas, o Cerrado Mineiro, a Serra do Salitre e Araxá, também em Minas, o Arquipélago do Marajó (PA), o Agreste Pernambucano (PE), o Seridó (RN), a região Serrana (RS e SC) e a região do Jaguaribe (CE).

Consultores contratados pela SDC, em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), já visitaram essas oito áreas, levantando informações sobre as regiões e os queijos produzidos e identificando os agentes da cadeia produtiva (fornecedores de insumos/serviços, produtores, processadores e distribuidores). Também vêm promovendo eventos para sensibilizar as comunidades locais sobre os queijos artesanais - a grande maioria pequenos produtores familiares.

Nesses eventos, os participantes podem conhecer um pouco mais sobre a Indicação Geográfica, além de receber orientações para ações objetivas e diretas para se adequar à legislação, além de tecnologias para garantir a inocuidade do produto. 

Nome:

Email:

Deixe um comentário:

Escreva os números da imagem:

últimas notícias

Previsão para hoje -


▲ Máx
▼ Min




Confira a previsão dos próximos dias

Fonte: Somar Meteorologia